Argentina

Conheça as Missões Jesuíticas da Argentina e seus atrativos:

Eram 15 Missões localizadas no território da Argentina, dessas restaram 4 que podem ser visitadas:

– Redução Jesuítica de San Ignácio Mini:

Reconhecida Patrimônio Mundial da UNESCO em 1984. A missão de San Ignácio Miní foi refundada em 1632 pelos Jesuítas na Argentina. Redescoberta em 1897, ganhou fama após o poeta Leopoldo Lugones fazer uma expedição à área em 1903, mas o trabalho de restauração só se iniciou nos anos 40. Sua Redução foi construída no estilo barroco Guarani e pode ser considerado o mais espetacular exemplo das 30 missões construídas pelos jesuítas num território que atualmente compreende a Argentina, Brasil e Paraguai.

Próximo a Redução, encontra-se o Museu 3D que abriga diversas peças e esculturas da Redução.

– Redução Jesuítica de Sant’Ana:

Localizada a 16 km de San Ignácio, Sant’Ana também foi reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1984. A primeira redução de Santa Ana foi fundada em 1633, no Brasil, mas em 1637 teve que migrar para fugir de ataques dos Bandeirantes que caçadores de escravos, se estabelecendo em 1660 de forma definitiva na atual localização. Em 1767, com a expulsão dos jesuítas a população de Santa Ana tinha atingido 4.344 habitantes. Em 1784 havia apenas 1.754 descendentes. A visita as suas ruínas é surpreendente, num cenário em meio a natureza com grandes vegetações.

– Redução Jesuítica de Nossa Senhora de Loreto:

Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1984, está localizada a 10 km de Santa Ana, foi fundada originalmente em 1610 pelos jesuítas José Cataldino e Simón Maceta, no Norte do Paraná, de onde foram expulsos pelos bandeirantes em 1629, foi recriada no início da década de 1630, na Argentina.

Foi um dos povoados jesuíticos mais importantes, pela sua grande produção de erva-mate. Depois da expulsão dos jesuítas sucederam-se saques e incêndios, o que provocou a migração dos seus habitantes. 

– Redução Jesuítica de Santa Maria de la Mayor:

Esta relíquia foi declarada Patrimônio Mundial juntamente com as demais. A Redução Santa María la Mayor, está localizada em uma colina, perto da fronteira com o Rio Grande do Sul, onde hoje é possível ver as ruínas dessa redução, é lembrado seu layout original que incluía igrejas, praças, prisões e fazendas de adobe para os povos indígenas.

Poderão ser incluídos no roteiro, os atrativos acima mencionados, de acordo com a quantidade de dias que o grupo pretende ficar nas Missões.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta